NOSSO ENDEREÇO

Av. Anhanguera, 659 - JARDIM NOVO MUNDO - CEP 74705-015 - Goiânia-GO - Pr. Marcos Machado - Fone: (62) 3206-3506 email do blog:educristaibjnm@gmail.com - "SÓ O SENHOR É DEUS!"

15/08/2015

#RAMADÃ: O QUE OS CRISTÃOS BRASILEIROS PODEM FAZER PARA AJUDAR?

               "Portanto ele é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dele, aproximam-se de Deus, pois vive sempre para interceder por eles."  (Hebreus 7.25)



         No mês do Ramadã, em que muitos cristãos estão sujeitos a sofrer perseguição e atos de violência por não concordarem com o islamismo, nós irmãos em Cristo desses que também escolheram seguir o caminho da fé podemos nos comprometer em oração. O nosso maior presente é interceder por eles, crendo que Deus os livrará e continuará protegendo-os. Além disso, por meio das nossas orações, Deus também pode alcançar os mulçumanos.
Mesmo em meio ao mês sagrado do islamismo, Deus continua operando de diferentes formas, acompanhe o testemunho do jovem Roton*. Uma vez muçulmano devoto e, mais tarde, o primeiro cristão na família, o pai de Roton procurou o Alcorão para ler histórias sobre Jesus. Quando ficou cego, pediu ao jovem Roton que lesse para ele. "No começo, eu estava apenas lendo para o meu pai. Mas, depois de alguns dias, eu percebi que estava cada vez mais curioso para descobrir a verdade sozinho. Por causa das histórias escritas no Alcorão, passei a crer em Jesus e me tornei cristão", testemunhou Roton.
Novo convertido, ele queria saber cada vez mais sobre sua nova fé. Por isso, mesmo tarde da noite, depois de sete horas de viagem, todo sujo de lama e com fome, Roton finalmente chegou aos arredores de Dhaka, onde ocorria um acampamento isolado destinado a formar jovens ex-muçulmanos, apoiado pela Portas Abertas. Ele estava exausto, mas disse ao grupo: "Estou tão feliz por estar aqui. Agora vejo que não estou sozinho!"
"Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem" Mateus 5.44. Junte-se a nós em oração pelos cristãos e pelo mundo mulçumano. Enquanto os muçulmanos oram a Alá, nós oramos por eles!


 Fonte: Portas Abertas Internacional