NOSSO ENDEREÇO

Av. Anhanguera, 659 - JARDIM NOVO MUNDO - CEP 74705-015 - Goiânia-GO - Pr. Marcos Machado - Fone: (62) 3206-3506 email do blog:educristaibjnm@gmail.com - "SÓ O SENHOR É DEUS!"

12/11/2017

OBRA D'ELE, JEITO D'ELE, TEMPO D'ELE


"Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez". (Eclesiastes 3:11)

Algumas pessoas começam projetos com grande entusiasmo e depois nem sempre os concluem. Eu sou assim. Fico bem animado ao começar algo, mas às vezes perco o interesse. Por exemplo, quando cozinho, fico animado em aprontar a refeição e comer, mas depois não quero lavar a louça. Quando é hora de arrumar a garagem, faço três quartos do trabalho e então digo: "Mais tarde eu termino". E adivinha só? Nunca termino.

Você não fica feliz por Deus não ser assim? Imagine se Deus dissesse: "Sabe, eu amo você. Escolhi você. Quero transformar você em Minha imagem. Mas meio que me cansei de você.

Agora vou passar para outra coisa."

"Como? Espere! Não vai terminar?"

"Não. Vou passar para outra coisa. Achei alguém mais interessante que você."

Mas Deus termina o que Ele começa. As Escrituras dizem que Ele é "o autor e consumador da nossa fé" (Hebreus 12:2; grifo acrescentado). E Filipenses 1:6 diz: "Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus".

Mas eis algo de que temos de nos lembrar: Deus continua Sua obra a Seu modo e no Seu tempo. Como Eclesiastes 3:11 diz: "Ele fez tudo apropriado a seu tempo". Mas às vezes ficamos impacientes com Deus. Dizemos: "Senhor, termine!"

Ele vai terminar — pode confiar nisso. Mas, às vezes, se não enxergarmos progresso perceptível, acharemos que Deus perdeu interesse em nós ou que talvez tenha até nos abandonado. Precisamos lembrar que esse nunca é o caso. Ele vai completar o que começou.


 Transcrito de: Devocionais Diários, em  24 Jan 2017 

22/10/2017

NÃO AS IMPEÇAIS



“Jesus, porém, disse: Deixai as crianças e não as impeçais de virem a mim, porque de tais é o reino dos céus. “(Mateus 19:14)


Evangelizando crianças é uma das atividades da Igreja Batista Jardim Novo Mundo. No último dia 22, ocorreu na sede da igreja, mais uma tarde evangelística. Muitas crianças tiveram a oportunidade de ouvir  sobre o  amor de Deus por elas.  Toda equipe responsável, seja abençoada por Deus. 

14/09/2017

A ÚLTIMA OPORTUNIDADE

"Jesus lhe respondeu: 'Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso'." (Lucas 23:43)
Vamos falar sobre estar no lugar certo, na hora certa. O ladrão na cruz estava nos 45 minutos do segundo tempo. 

Inicialmente, ambos os criminosos que estavam sendo crucificados de cada um dos lados de Jesus tinham aderido à zombaria contra Ele. Mas um caiu em si e disse ao outro: "Você não teme a Deus, nem estando sob a mesma sentença? Nós estamos sendo punidos com justiça, porque estamos recebendo o que os nossos atos merecem. Mas este homem não cometeu nenhum mal" (Lucas 23:40-41).
Então ele disse a Jesus: "Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino" (v. 42).

E Jesus respondeu: "Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso" (v. 43).

Não é incrível quando você diz algo a alguém e esse alguém não entende... não entende... não entende. Até que um dia, entende. Às vezes, temos que ver por nós mesmos, não é? Foi o que aconteceu com o criminoso na cruz. "Caiu a ficha" dele sobre a verdade a respeito de quem era Jesus. Pilatos ajudou um pouco. Ele, na verdade, escreveu um trecho evangelístico muito eficaz em uma placa que foi pregada na cruz, que dizia: "Este é o Rei dos Judeus" (v. 38).

Então lá estava esse homem, sendo crucificado com Jesus. Ele estava participando de tudo, observando tudo. Ele ouviu as palavras de nosso Senhor e essas palavras reverberaram através de seu coração endurecido. Então ele creu ali mesmo.

Dois homens viram e ouviram a mesma coisa. Um acreditou e o outro não. Ambos viram o puro e perfeito exemplo de Cristo. Ambos estavam morrendo e precisavam de perdão. No entanto, um morreu exatamente como tinha vivido: endurecido e indiferente.


 Transcrito de Devocionaisdiários.com 22 Jan 2017

16/07/2017

50 ANOS DA MCA DA IBJNM


       As Mulheres Cristãs em Ação  da Igreja Batista Jardim Novo  Mundo, em 2014 fez 50 anos de vitórias na presença do Senhor Deus,  em Goiania- GO.

       A Deus toda honra!

09/07/2017

EVANGELISMO ATRAVÉS DA EBF


 Com o tema "O amigo incomparável'' e divisa em Mateus 19.14 que diz: “Jesus,  porém, disse: Deixai as crianças e não as impeçais de virem a mim, porque de tais é o reino dos céus,” foi realizada na sede da igreja, mais um momento de evangelização, através da Escola Bíblica de Férias (EBF).  Foram  3 dias que crianças de 03  a 13 anos puderam ouvir sobre   o amor de Jesus, O amigo incomparável. 



Para tanto, foi necessário orar e não duvidar do que Deus pode fazer na vida daqueles que se dispõem a fazer a sua vontade. Organizada pela missionária Benvinda Borges, professores e auxiliares do Departamento Infantil e vários membros da igreja. Inicialmente, o momento de confecções de  materiais e capacitação de irmãos, que voluntariamente dedicaram tempo, dons e talentos para que o Evangelho chegasse a dezenas de crianças. 



Foram dias que as crianças ouviram, cantaram e aprenderam a falar com Jesus. Além disso,  brincaram, participaram de jogos e brincadeiras. 


Aos irmãos que participaram  da EBF,  direta ou indiretamente,  lembrem-se que: “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” ( I Coríntios 16.10)


Louvado seja sempre o Senhor, nosso Deus,  em todo e qualquer lugar.

A Redação

03/07/2017

ORE POR MISSÕES URBANAS!

Ore, contribua e vá!

QUANDO A MORTE PERECEU

"O último inimigo a ser destruído é a morte." (1 Coríntios 15:26)

       Steve Jobs, num discurso de formatura na Universidade de Stanford em 2005, disse sobre a morte:
       Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem ir para o céu não querem morrer para chegar lá. E ainda assim a morte é o destino que todos compartilhamos. Ninguém jamais escapou dela. E é assim que deve ser, porque a morte é muito provavelmente a melhor invenção da vida. É o agente de mudança da vida. Ela limpa o velho para abrir caminho para o novo. Neste momento, o novo são vocês, mas algum dia, não muito distante, você gradualmente se tornará um velho e será varrido.
       Desculpa ser tão dramático, mas essa é a mais pura verdade.
       Há alguma verdade na declaração de Jobs. Ele está certo quando disse que a morte é o destino que todos nós compartilhamos e que ninguém jamais escapou dela.
       No entanto, não concordo com a sua afirmação de que "A morte é muito provavelmente a melhor invenção da vida." Não é a melhor invenção da vida. Na verdade, é a pior. A Bíblia nos diz que a morte não é um amigo. A morte é um inimigo: "O último inimigo a ser destruído é a morte" (1 Coríntios 15:26).
       A morte nunca foi uma parte do plano original de Deus. Quando Ele pôs Adão e Eva no Jardim do Éden, Ele lhes disse para ficarem longe da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal. Mas eles comeram o fruto proibido e o pecado entrou no mundo. E, juntamente com o pecado, a enfermidade da carne, o envelhecimento e, é claro, a morte. Mas o que foi perdido naquele jardim foi comprado na cruz do Calvário. Jesus veio para morrer na cruz para comprar de volta o que foi perdido. A morte pereceu quando Cristo ascendeu.
Transcrito:
Devocionais Diários -17 Jan 2017 06:01 PM PST
contato@devocionaisdiarios.com


16/03/2017

PRINCÍPIO BATISTA I

Cristo como Senhor

       A fonte suprema da autoridade cristã é o Senhor Jesus Cristo. Sua soberania emana da eterna divindade e poder – como o unigênito filho do Deus Supremo – de sua redenção vicária e ressurreição vitoriosa. Sua autoridade é a expressão de amor justo, sabedoria infinita e santidade divina, e se aplica à totalidade da vida. Dela procede a integridade do propósito cristão, o poder da dedicação cristã, a motivação da lealdade cristã. Ela exige a obediência aos mandamentos de Cristo, dedicação ao seu serviço, fidelidade ao seu reino e a máxima devoção à sua pessoa, como o Senhor vivo.


      A suprema fonte de autoridade é o Senhor Jesus Cristo, e toda a esfera da vida está sujeita à sua soberania

Transcrito de:http://www.batistas.com/institucional/principios-batistas

09/01/2017

ATALHOS



Leitura Bíblica: Isaías 30.19-22

O meu povo esqueceu-se de mim: queimam incenso a ídolos inúteis, que os fazem tropeçar em seus caminhos e nas antigas veredas, para que andem em desvios, em estradas não aterradas (Jr 18.15).

Quantas vezes você já seguiu por um atalho querendo chegar mais rápido ao seu destino, mas não foi bem-sucedido? Em uma das primeiras competições de que participei na modalidade orientação (escolher e seguir o melhor itinerário num terreno desconhecido), lembro-me de que optei por um atalho que me levou para uma estrada esburacada, lamacenta, perigosa e confusa. No final fui o “lanterninha” e adquiri somente experiência. Muitos querem ganhar tempo e perdem a vida; pulam etapas e pagam um alto preço por isso. Optar por rotas alternativas pode ser mais caro ou até fatal.
Isto acontece quando abandonamos o padrão divino e resolvemos fazer tudo ao nosso modo. O caminho certo a seguir (aquele que agrada a Deus) exige paciência; o atalho é a rota daqueles que se julgam espertos. O caminho tem suas regras; o atalho é livre, sem controle – por isso é mais perigoso. O caminho tem seu preço; o atalho é, aparentemente, mais barato ou gratuito. O caminho é geralmente conhecido ou tem informações disponíveis; o atalho é imprevisível. O caminho, mesmo que seja difícil, nos leva ao destino desejado; o atalho nem sempre termina onde gostaríamos. Por exemplo, o trabalho é um caminho; o furto é o atalho. O casamento é um caminho; o relacionamento sexual fora dele é um atalho.
Fato é que vivemos no tempo do imediatismo: o homem moderno não consegue esperar. Dez minutos no trânsito parecem uma eternidade. Dizem que esta é a geração fast-food: tudo deve ser instantâneo. Por isso, os atalhos têm sido a opção de muitos aventureiros, rebeldes e fugitivos. Entretanto, a cultura cristã é outra. A longanimidade é característica de quem trilha um longo caminho com paciência e esperança. Precisamos optar pelo caminho certo, deixando os atalhos de lado! – DMS
A recompensa de andar pelo caminho do Senhor é alcançar, no tempo certo, todo o propósito de Deus.
Fonte: transcrito de:https://www.transmundial.com.br/atalhos/